21 de Dezembro de 2010
Os amigos directos e próximos, os familiares... são normalmente aqueles a quem mais facilmente captamos a atenção, aqueles que realmente interagem, dão feedback e apoiam mesmo quando não pedimos :9
Esse é um dos muitos motivos que os define como amigos, certo?


As coisas nem sempre são assim tão lineares, às vezes estão muito ocupados e levam mais tempo do que o esperado a responder, ou então não respondem de todo porque o assunto é de baixa importância para eles ou não se identificam com ele ou não conseguem vislumbrar o quanto pode ser importante para nós que lhes dizemos tanto e fazemos parte das suas vidas. Não deixam de ser amigos, este é um problema típico de comunicação.


Todos nós algures assumimos que a comunicação existe e é clara como água quando de facto nunca aconteceu.


A grande surpresa surge quando pessoas que não conhecemos de lado algum começam a puxar por nós e a motivar-nos a enviar todo o tipo de feedback positivo e força por razão alguma além de sentir prazer em ajudar e fazer algo por alguém sem esperar nada em retorno!


Já observei este fenómeno nas últimas semanas, e devo dizer que é FANTÁSTICO :D
Alguns novos contactos meus começaram a levantar-me, fazer com que não me sinta triste se a posição no concurso não é ainda a que mais desejo, que tudo se recupera, a partilhar todo o tipo de informação e ideias para ajudar... é indescritível!
Se todos os que me são próximos entendessem a importância destes comportamentos em geral... seria o paraíso! Não falo apenas em relação a mim e à minha causa em particular, isto aplica-se ao mundo inteiro e a tudo o que se passa à nossa volta!


Quando algo deste género (feedback positivo e pró-acitividade de pessoas que nem conhecemos) acontece nos dias que correm, uma pessoa até sente suspeitas... a pensar "mas afinal que raio esperam de mim em retorno?", "o que se passa, o que fiz para merecer isto?".
Apenas não estamos habiguados! As pessoas habituam-se mais facilmente a isolarem-se e pensarem apenas para dentro!


Já alguma vez tentaram fazer algo ou dar algo sem esperar retorno? Desafio-vos.

Façam-no honesta e genuinamente. Depois digam-me como se sentiram.


Tentem também identificar no leque dos vossos amigos mais próximos e entes familiares as necessidades que estes possam ter e prioridades na perspectiva deles sem tentar fazê-las equiparar às vossas. E por favor digam-me como se sentem.
publicado por pintolaranja às 02:25

Levem o Pinto Laranja ao Pólo Norte!


Votem entrando aqui (login com facebook ou e-mail) e clicando "vote for this entry"

Mais sobre esta aventura
pesquisar
 
arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores
blogs SAPO
Google Analytics